Animais em Extinção: Mico Leão Dourado

Mico Leão Dourado: ameaçado de extinção

mico-leaoO Mico Leão Dourado é o único primata do mundo que teve seu risco de extinção diminuído, o animal que é símbolo da biodiversidade brasileira, deixou de aparecer como “criticamente ameaçado de extinção” na lista de animais ameaçados do IBANA e da IUCN (União internacional para conservação da natureza), passando a figurar como “ameaçado de extinção”.

Na década de 70, existiam menos de 100 exemplares na natureza, hoje são cerca de 1.200. É uma situação um pouco mais confortável, mas que ainda demanda esforços de conservação. Vale lembrar também que foi necessário o envolvimento de inúmeras instituições no processo e mais de 30 anos para alcançar esse resultado.

Habitat

O Mico Leão Dourado vivia na Mata Atlântica dos estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. A destruição do bioma quase causou o desaparecimento da espécie, e foi preciso a realização de extensas pesquisas para reproduzir animais que viviam em cativeiro em vários zoológicos do mundo e dar-se a recomposição de sua população. Desde a década de 80, micos são reintroduzidos na única área criada para proteger a espécie e no entorno dela: a reserva biológica Poço das Antas, que fica no município de Silva jardim, situado a noroeste do Rio de Janeiro, a 140 km da capital e às margens da rodovia BR 101.

A Reserva Biológica Poço das Antas é um dos poucos fragmentos de proporção que existe nessa região. Ela é muito explorada pela proximidade da região dos lagos e da Serra, e a especulação imobiliária é muito forte nessa região.

Os incêndios também ameaçam a floresta, mas a maior causa de fragmentação é a pecuária. A sobrevivência dos micos depende diretamente da conservação do meio em que eles vivem, da qualidade e da quantidade da Mata Atlântica existente. A Reserva Biológica Poço das Antas tem 5.500 hectares, mas os micos leões dourados conseguem circular por uma área muito maior, de cerca de 17.000 hectares. Isso porque a Associação Mico Leão Dourado conseguiu envolver vinte e sete proprietários de terras da região de Silva Jardim no programa de conservação da espécie. Dezesseis deles já criaram suas proporias RPTNs (reservas particulares do patrimônio natural).

A viabilidade econômica para a população da região acontece através do eco turismo, e a formação da RPTN é um atrativo que acaba gerando renda para a comunidade local e para os fazendeiros.

Associação Mico Leão Dourado

associacao-mico-leao-douradoA Associação Mico Leão Dourado (http://www.micoleao.org.br/), criada em 1992 com apoio do WWF (Fundo Mundial para Natureza) trabalha para formar pequenos corredores biológicos, nos quais árvores nativas são plantadas para unir os fragmentos de mata. O grupo restrito ou isolado em apenas um fragmento tem sua sobrevivência comprometida em médio e longo prazo. Isso porque não há troca genética dentro do grupo, então os filhotes resultantes de um cruzamento não terão indivíduos diferentes para cruzar no futuro.

A Associação Mico Leão Dourado criou também um programa para estimular empresas brasileiras a adotarem famílias de micos, o que já vinha acontecendo há dois anos com instituições européias. O programa foi desenvolvido em parceria com o Instituto Embratel 21, que adotou vinte e uma famílias de micos e realiza campanhas para conseguir o apoio de outras empresas. Cada família adotada custa cerca de 15 mil reais por ano, e o dinheiro arrecadado serve para financiar pesquisas e a educação ambiental.

A grande preocupação com esse projeto não é apenas fazer a manutenção da família dos micos, mas também fazer um trabalho com o meio ambiente no entorno dos micos. O projeto também pode ser entendido como uma oportunidade de informar melhor os empresários e os funcionários dessas empresas a respeito da importância da conservação não apenas do Mico Leão Dourado, que é a bandeira para conservação de toda a mata atlântica, mas também para a conservação de outros animais como a jararaca, por exemplo. Entretanto, é muito mais fácil obter apoio para conservação do Mico Leão Dourado do que para a jararaca. Mas conservando o Mico, a Jararaca também acaba sendo beneficiada, assim como todo o equilíbrio desse ecossistema, tão importante para a população brasileira.

Post A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *